segunda-feira, 1 de junho de 2009

Bloguezinho de menininhas carentes

Eu mereço. Também, fiz por merecer. Quem mandou ficar usando o blog para dar recado? Mesmo assim, não me arrependo. Não vou mudar uma só vírgula da última postagem.

Agora, deixa eu explicar o porquê da indignação. Tudo começou quando resolvi que meu blog deveria ser mais visitado, então, fiz propaganda dele criando um fórum na comunidade do Orkut chamada Brasília, com a seguinte epígrafe: “Histórias que só acontecem aqui” Então, em vez da criatura que leu o blog deixar um comentário aqui, não. Deixou na comunidade a frase fatídica: “Bloguezinho de menininhas carentes...”. Desculpem o palavrão, mas: PORRA! Menininhas carentes tudo bem, mas Bloguezinho?!

Não tenho nenhum problema em assumir que sim, há vezes que estou carente, até muito carente. Afinal, sou humana, ou numa versão de Nietzsche “humana, demasiadamente humana”. Mas não sou apenas uma. E gosto muito mais do meu lado ex-boazinha. É quando sou capaz de fazer qualquer coisa! De assumir meus pensamentos, meus sentimentos, minha indignação.

Por isso deixo aqui minha indignação: Bloguezinho, nunca!!!

Ps.: Ok, sei que quem tá na chuva é pra se molhar! E ainda fizeram um chat nada a ver do meu tópico. Paciência.

3 comentários:

  1. É isso aí amiga... bloguezinho nada!!!!

    Esse cara aí devia era te agradecer por contar histórias tão divertidas e ainda explicar um pouco do imaginário feminino!

    ResponderExcluir
  2. Bloguezinho jamais!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Relaxa!!!
    Aquela comu é assim mesmo mas até q tem gente bacana,mas atacam todos q aparecem...rsrs
    Bom vi teu blog lá e me identifiquei muito contigo, to achando ele ótimo, até pq entrei p/trinta e uns a pouco...hehehe
    continue e parabéns!!!
    Beijãooo

    ResponderExcluir